Geórgia

Um quê complicada e outro fascinante, a história da Geórgia conseguiu ao menos deixar um legado arquitetônico inimitável, de complexas cidades subterrâneas a ornamentadas catedrais. O povo preserva tradições centenárias em festas ao longo do ano e é famoso por receber muito bem os visitantes. No verão, o pequeno país às margens do Mar Negro atrai turistas por suas praias, as mais belas desse canto do globo, e também para uma infindável variedade de atividades ao ar livre, entre caminhadas, passeios a cavalo e de bicicleta. Por todo o país, castelos e torres de observação que outrora serviam para identificar o avanço de tropas inimigas, hoje só fazem as vezes de terraço panorâmico para os turistas. A capital Tblisi ainda conserva um ar provinciano, embora seja nítido seu crescimento, com uma porção de edifícios de arquitetura moderna e uma vida jovem que ocupa as ruas, bares e cafés. Se algo permanece complicado, é a dificuldade de definir a Geórgia.