Indonésia

Se por um lado é extremamente ingrata a tarefa de definir a Indonésia, por outro lado, desvendá-la vem a ser uma sucessão de prazeres. Não se assuste com os números. Das 17 mil ilhas, 8 mil são povoadas por mais de 250 milhões de habitantes. Nem se confunda com os mais de 300 idiomas e dialetos falados país afora. Caótica como toda capital asiática, Jacarta serve como parâmetro para expressar a sucessão de distintos povos e culturas que compõem a Indonésia. De praias paradisíacas para relaxar, surfar ou mergulhar até florestas tropicais desconcertantes, os múltiplos destinos que o país guarda são tão pulverizados quanto suas ilhas. Uma centena de vulcões e parques nacionais a não mais poder se entrelaçam a pequenos e médios centros urbanos que tornam o ato de explorar o país uma empreitada saborosa. A força da religião muçulmana, a fé hinduísta de Bali e os rituais de cremação só acentuam o lado espiritual que torna esclarecer a Indonésia um desafio tão infrutífero.