Rússia

Remonta ao tempo dos czares a legítima grandeza que transformou a Rússia na potência que ainda é. Embora a ideia de dominar territórios tenha amornado, o conceito de abrir-se ao turismo tem ganhado força ao longo dos anos. Repleta de desafios, a começar por decifrar o alfabeto cirílico, a Rússia de hoje ainda fascina o viajante mais disposto. Quase três décadas após o fim da Guerra Fria, ainda guarda mistérios não tão facilmente desvendáveis. Nos rincões do país, destinos naturais nada convencionais, como vulcões, lagos e parques nacionais muito bem protegidos. Já no quesito cidades históricas, muradas e repletas de palácios, as favoritas são as clássicas São Petersburgo e Moscou. Além de todo seu peso histórico e religioso para a igreja ortodoxa, a capital russa ainda acumula o peso político de capital da União Soviética, que ainda se reflete em edifícios e museus. Um lugar onde o passado é passado, mas continua vivo, bem cuidado, e incrivelmente belo.