Vagas Esgotadas

Islândia - Uma Viagem Espiritual à Natureza

Com Luiz Felipe Pondé28 de setembro a 08 de outubro, 2018
Casa do Saber

Uma visita a um lugar como a Islândia implica uma reflexão sobre a natureza, ali onde ela se revela mais sublime. O conceito de sublime em filosofia se difere do conceito de belo. Sublime é aquilo que escapa do controle humano, nos fazendo lembrar como somos pequenos diante de uma natureza que nos cria, alimenta e devora. A Islândia, como dizia uma campanha publicitária de uma marca islandesa há poucos anos atrás, é a prova de que “devemos respeitar a natureza, mas não esperar que ela nos respeite de volta”.

Como antídoto a uma compreensão de natureza infantil que circula pelo mundo contemporâneo, nossa visita à Islândia tem como objetivo refletir sobre o significado da natureza fora do lugar comum. Objeto clássico de adoração religiosa e reflexão filosófica, a natureza nos ultrapassa na sua força, na sua perenidade e beleza. Diante dela nos sentimos pó. E assim atingimos o lugar essencial de onde brotam muitas das experiências religiosas e místicas: o descentramento do Eu. 2 Da Grécia antiga e da Bíblia hebraica, passando pelo estoicismo romano, chegando a Kant e seu conceito de sublime até Nietzsche, Emerson e Thoreau nos Estados Unidos, a natureza nos ensina que “tudo é vaidade” e, assim, nos ajuda a pensar o que, de fato, é essencial. – Luiz Felipe Pondé

Quem acompanha

Luiz Felipe Pondé | | | | |

Filósofo e teólogo, professor de pós-graduação em Ciências da Religião da PUC-SP, da Faculdade de Comunicação da FAAP, professor convidado em Mística Medieval em algumas das principais universidades europeias. Mestre pela Universidade de Paris 8, Doutor pela USP, Pós-Doutor pela Universidade de Tel Aviv, colunista na Folha de S. Paulo, comentarista da TV Cultura e […]

Saíba mais
Baixe o Roteiro Detalhado

Cadastre-se

Para receber nossas newsletters